sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Política e Estado: Canibalismo dos abutres

Foto reprodução: Google

Antes de começar a escrever os motivos da razão da minha descrença em políticos/politica quero deixar claro somente duas coisas: Sim, eu acredito que todo ser humano tem seu lado bom e justo (Como espiritualista, seria loucura não acreditar nisto), e sim, acredito em projetos e em (em grau menor) pessoas que possam mudar o mundo (Como libertário acredito mais em projetos/ações do que em pessoas*). Sendo assim eis o porque de não acreditar em Estado e muito menos em política.

Primeiro: Se adiantasse algo, eles não seriam loucos de aceitar esta ferramenta, segundo, embora não queira fazer um eterno discurso sobre o bem e o mal, não seria possível não falar do canibalismo moral e ético presente que há na política tanto eleitoral quanto já dentro do Estado. Onde a imoralidade sempre há de comer a pele da moralidade. Onde os velhos abutres sempre comerão ou tentarão comer a tal carne nova que chega como sacrifício do povo pelos braços do mesmo, com o desejo de mudanças. Hoje, vejo grandes pessoas e honestas tentando um cargo político, ora, não quero ser pessimista, mas que preparem suas carnes com o mais grosso do sal, porque antes mesmo das eleições realmente começarem virão os abutres e seus "filhotes" a fim de saciar sua fome de imoralidade e falta de ética.

* Projetos/Ações são coisas que para serem perfeitas não podem falhar em nenhum instante, já as pessoas inevitavelmente podem errar ou acertar a todo instante, isto depende de suas ações e se as mesmas são falhas ou não.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário