segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Supernatural: Love Between Brothers

Escrito por: Victor Hugo Cavalcante
Poster reprodução: Supernatural Wiki

Sobrenatural, demônios, monstros, anjos, caça fantasmas, apocalipse, Deus... Se você pensa que a série Supernatural (Criação de Eric Kripke) se trata de mistérios, e lutas contra o maligno. Sinto lhe informar jovem gafanhoto... Você está redondamente enganado.


Criado por Eric Kripke, produção de Warner Bros. Television, a série superficialmente conta a história sobre dois irmãos que lutam contra todo o mundo sobrenatural, desde a morte da mãe, causada por um desses seres sobrenaturais.

Porém, muito antes disso, a série deixa como mensagem o quanto dois irmãos se amam, e nunca desistem um do outro. As vezes isso pode ser fatal para ambos e para os que vivem em sua volta. Desde a segunda temporada, quando no penúltimo episódio (All Hell Breaks Loose) um terceiro golpe atinge os Winchesters (O segundo golpe foi a morte do pai John W.), tal golpe é a morte de Sammy (Jared Padalecki) causada por Jake Talley (Aldis Hodge) uma das crianças especiais de Azazel (Fredric Lehne), no último episódio (Demons on the Loose, Part Two) porém Dean (Jensen Ackles) faz um pacto com o Demônio da Encruzilhada (Ona Grauer), a fim de reviver seu amado irmão. No episódio 81, ou 21 da Quarta Temporada (When the Levee Breaks), já de volta do inferno trazido por Castiel (Misha Collins), Dean e o amigo da família Bobby Singer (Jim Beaver) tentam salvar Sam de tornar-se um irracional violento, trancando-o numa sala de pânico, porém mesmo assim ele consegue fugir e matar Lilith (Katherine Boecher).

O apocalipse começa, e mais uma vez somos apresentados á problemas familiares, dessa vez os problemas são bíblicos, assim como os protagonistas Arcanjo Miguel (Matt Cohen e Jake Abel) X o Diabo Lúcifer (Jared Padalecki e Mark Pellegrino), assim como Dean e Sam, o Diabo sempre foi o mais amado assim como o "pequeno" Sammy e o mais rebelde, assim como o personagem vivido por Jared, enquanto Miguel sempre fiel ao pai, embora amasse o irmão não poderia negar as ordens paternais, assim expulsando Lúcifer do paraíso, assim sendo, se o Diabo fosse humano ele seria Dean Winchesters. E nessa luta entre irmãos o corpo humano usado (Chamado receptáculo) era justamente dos irmãos Winchesters (Ao menos o receptáculos oficiais, porém por obra do destino, ou da teimosia, Miguel possuiria o corpo do meio irmão dos caçadores Adam Milligan). E assim foi a luta apocalíptica, e como na ficção personagens principais na maioria das vezes sempre vencem no final... Bem, isso não precisa contar.E então temos toda a enrolação (No meu ponto de vista!!!) com o retorno de Sam, a família caçadora dos Winchesters, a "família" de Dean, a família Monstro comandada pela Mãe Eve (Julia Maxwell e Samantha Smith) e enfim...

Enquanto isso a Guerra Civil Angelical vai surgindo, até que se inicia no ultimo episódio da sexta temporada (The Man Who Knew Too Much), péssimo momento para as lembranças de Sammy do inferno virem a tona.

No episódio Defending Your Life (7.04) Dean é julgado pelo seus pecados, ou melhor dizendo, pela sua culpa interior, por nada menos que o deus egípcio Osíris (Faran Tahir) e Sam apesar de todas as discussões e erros que tiveram e cometeram defende-o da punição mortífera do deus egípcio.

Na nona temporada vemos novamente grandes sacrifícios desde Dean fazendo trocas de favores com um anjo caído Ezequiel (Tahmoh Penikett) para salvar o Sam (No episódio I Think I'm Gonna Like It Here) até Dean juntar-se com o Rei do Inferno Crowley (Mark Sheppard) a fim de salvar seu irmão de Ezequiel/Gadreel (Road Trip), porém no último episódio da nona temporada (Do You Believe in Miracles) Dean após morrer na luta contra Metatron (Curtis Armstrong) retorna como demônio graças a Marca recebida de Caim (Tim Omundson) para poder possuir a "primeira lâmina".e durante quase toda décima temporada Sammy tenta salvar seu irmão de seu destino demoníaco e "arrancar" a Marca de Caim.

E no ultimo episódio da décima temporada Morte (Julian Richings) alerta sobre os perigos dos irmãos enfrentarem todos e a tudo que atrapalharem seus caminhos para os manter vivos e juntos.

Como todos sabem cuidado e reflexão nunca foi o forte dos irmãos, assim fazendo-os liberarem a Marca, ou melhor dizendo a Escuridão/Amara (Emily Swallow) irmã de Deus. Enfim, irmãos sempre se enfrentarão a fim de salva-los de algo que julgam ser errado e nunca desistirão a ponto de deixar o outro morrer, como mostra o caso de Dean e Sam Winchester (Revivendo ou salvando um ao outro várias vezes) Lúcifer e Miguel (Expulsando-o de "casa" para não mata-lo) ou Deus e a Escuridão (Aprisionando-a).



Victor Hugo Cavalcante, 21 anos é jornalista e dono do blog Folkcomunicação
e atualmente é prestador de serviços comunitários á empresa Rotaract Clube de Ouroeste

Fascinado por eventos culturais, por Internet e Mídias independentes... Ama a arte pelo conteúdo e o que dizem em determinados momentos, poeta, contista e jornalista de mão cheia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário